skip to Main Content
Sociedade De Advogados – Como Escolher

Sociedade de advogados – Como escolher

Ok, você decidiu formar uma sociedade de advogados e agora precisa saber como fazer isso, certo? Então chegou a hora de acabar com as suas dúvidas!

Se busca entender como formar uma sociedade, você parou no lugar certo, pois mostraremos aqui as opções mais indicadas para quem deseja fazer uma sociedade de advogados. Vamos lá?

É claro que ter o próprio escritório de advocacia pode ser muito proveitoso e, até mesmo para quem está começando a carreira de advogado agora, é uma excelente oportunidade de atração de clientes.

Então, para você, que deseja entender melhor sobre o assunto, logo explicaremos como formar a sua própria sociedade de advogados. Confira!

Qual o melhor tipo de sociedade para advogados?

Existem 2 tipos de sociedade de advogados existentes até o presente momento, sendo elas:

  • Sociedade Unipessoal para Advogados, e a
  • Sociedade de Advogados.

Veremos melhor sobre ambas.

Sociedade Unipessoal para Advogados

Nesse caso, o advogado trabalha por conta própria.

“Como assim?”

Quer dizer que você pode ter funcionários, mas apesar do nome possuir destaque como sociedade, a sociedade entre você e outro advogado, ou sócio de qualquer natureza, não existe de fato.

É muito recomendado para os advogados iniciantes em carreira, que talvez nem tenham encontrado um sócio.

A carga de trabalho pode ser maior, por não haver sociedade de verdade…

Mas existem algumas vantagens associadas, como:

  • Vantagens tributárias, ou seja, como advogado, você pode pagar menos imposto como PJ;
  • Você pode fazer parcerias por contrato com outros profissionais, inclusive dentro da sua área de atuação;
  • Você recebe direitos previdenciários e sociais, estando coberto para os casos de auxílio e para as questões de aposentadoria, sendo assim muito válido.

Sociedade de advogados

E a sociedade de advogados, como funciona e quais as suas vantagens?

Bom, nesse caso, aí sim, se você já tiver um parceiro com quem deseje dividir todos os lucros, conquistas e despesas da sua empresa de advogados, você pode optar por esse tipo de sociedade.

Nesse caso, adota-se uma razão social com os nomes dos sócios, e um dos membros da sociedade advocatícia deverá ser responsável por responder pelos aspectos legais da empresa.

E quais são as vantagens de atuar com esse tipo de sociedade?

  • Poder atender a mais clientes, já que tendo um sócio é possível delegar tarefas e garantir uma maior carga de trabalho para ambos realizarem;
  • Melhor escolha do tipo de regime tributário a depender do faturamento da empresa;
  • Todos os direitos sociais e previdenciários garantidos nos ditames da Lei.

Mas quais das duas sociedades é a melhor?

Bom, depende muito do seu propósito. Exemplo: se você gosta de trabalhar sozinho, a sociedade unipessoal é a mais indicada. Se você tem um parceiro de longa data que sente que pode confiar, e que sabe que o  trabalho em equipe formará maior força e capacidade de desenvolver mais trabalhos na advocacia, então a segunda opção de sociedade é a mais indicada!

Quanto a questão de se é possível pagar menos imposto como advogado, a resposta é clara: SIM.

Contudo, para isso se faz necessário ter um contador especializado no ramo advocatício, para que de todas as formas você esteja bem amparado quanto a todos os requisitos fiscais, legais, tributários e econômicos do seu negócio!

Portanto, que tal conversarmos melhor a respeito?!

Back To Top
Open chat