skip to Main Content
Margem De Lucro – Como Saber A Margem De Lucro Do Meu Escritório De Advocacia?

Margem de lucro – Como saber a margem de lucro do meu escritório de advocacia?

Entenda de uma forma simples não apenas o que é uma margem de lucro, mas como calcular de maneira assertiva para o seu escritório de advocacia!

Depois de tanto esforço para conseguir exercer sua profissão e, não obstante disso, ainda abriu o seu próprio escritório de advocacia para potencializar as suas chances de alcançar o sucesso.

Mas do que adianta tanto empenho em sua profissão se não são tomadas as atitudes para melhorar os seus investimentos?

Então, para discorrer sobre essa pergunta, é necessário que você queira receber mais lucros e esteja disposto a aprender como consegui-los para o seu escritório de advocacia. Não adianta se empenhar apenas no âmbito que compete a sua profissão e não investir em seu futuro como empreendedor, pois, mais cedo ou mais tarde, isso será o motivo da sua saída do mercado de trabalho.

Sendo assim, se você está determinado a não apenas permanecer, mas descobrir um método que permitirá definir os seus lucros – e, futuramente, aumentá-los progressivamente -, venha com a gente e confira o que a margem de lucro pode fazer por você e como ela pode salvar o seu escritório de advocacia para adentrar em eras de ouro.

E então, vamos lá? Boa leitura!

Confira Nossas Especialidades - Contabilidade em Florianópolis - SC | Audicor Auditoria e Contabilidade

Entenda o que é uma margem de lucro!

A margem de lucro é uma porcentagem que faz a multiplicação sobre o preço dos serviços do seu escritório de advocacia, assim, concedendo-lhe o número exato do preço que deverá ser cobrado pelos seus serviços aos clientes que o solicitarem.

Ela possui uma relação íntima com os seus lucros, como o próprio nome já sugere, então, é necessário que o processo para o cálculo dela seja bem pensado.

Como calcular a margem de lucro de forma assertiva!

Sabemos o quanto você quer compreender sobre como saber a margem de lucro do seu escritório de advocacia, mas, antes disso, ter conhecimento sobre algumas ideias que irão nortear esse processo é de extrema importância para que os resultados sejam corretos.

Primeiramente, deve-se ter noção dos seus custos. Ou seja, contabilize tudo o que é necessário para que o seu serviço alcance a excelência no âmbito da qualidade, desde os pequenos aos grandes aspectos. O número que resultar desse levantamento será o seu “custo do serviço”.

Em segundo lugar, defina o quanto deseja arrecadar em questão de rendimentos, mas, para deduzir um valor plausível e que equilibre as vontades de seus clientes e as suas, faça uma busca sobre o quanto o seu público-alvo costuma ou está propenso a pagar para o seu escritório de advocacia. Assim, consegue-se o conceito de “lucro”.

Sendo assim, o seu “preço para comércio” pode ser compreendido como a união das ideias de lucro e custo do serviço, explicadas anteriormente. Simples, não?

Finalmente, para obter o número da margem de lucro do seu escritório de advocacia, é necessário que procure o valor da receita total de seu escritório de advocacia e, em seguida, divida os lucros que você estabeleceu por ele.

Então, com o resultado que você conseguiu em mãos, multiplique-o por cem e, assim, descobre-se a porcentagem de sua margem de lucro.

Gostou do artigo de hoje? Deixe seu comentário abaixo e nos diga suas dúvidas, responderemos o mais rápido possível!

Back To Top
Open chat